quinta-feira, agosto 11, 2011

A-pren-diz

Passo primeiro
começo
no tapete voador
vôo

Conheço
logo esqueço
soletro o amor
vivo.

Crio circo
cócegas inventadas
largo gargalhar
brinco.

Abraço
apenas abraço
solto, puxo
sinto.

Cresço
em ser pequeno
amo
aproximo.
- Dan Carvalho

7 comentários:

  1. Poema nada ocioso esse, aliás bem dinâmico!Gostei e fico aqui também.
    Obrigada pela visita.
    Beijokas doces.

    ResponderExcluir
  2. Nossa gostei muito da forma como escrevestes. Períodos curtíssimos, mas profundos.

    :)

    ResponderExcluir
  3. Dan, meu querido. Obrigada pela visita e pelo elogio. Devo retribuí-los, afinal, você merece!
    Tudo muito lindo por aqui. Acompanhar-te-ei.

    Beijo grande.

    ResponderExcluir
  4. "Abraço
    Apenas abraço
    Solto, puxo
    Sinto "
    Adoreii esse pedaço!

    ResponderExcluir
  5. Mínimo e belíssimo. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  6. Marly, Gislãne, Miri, Moni, yayá,
    obrigado pela visita! fiquei feliz.

    Grande abraço, Dan.

    ResponderExcluir
  7. Caro amigo... poeta não sou. Mas tento sempre pairar aos ventos que a vida nos trás. Na felicidade de poder brincar unidos aos sentimentos que faz com que nos aproxima cada vez mais do primeiro passo para o Amor...

    Parabéns!!!

    ResponderExcluir

O ócio agradece!